A foto acima é do primeiro jogo da história da seleção brasileira, marcado e convocado pela então Federação Brasileira de Sports (logo). A partida foi realizada no dia 21 de julho de 1914 no Campo da Rua Guanabara, hoje Estádio das Laranjeiras (RJ), para um público de 5 mil pessoas. O adversário Exeter City disputava na época a terceira divisão inglesa e excursionava para disputar amistosos.

A seleção entrou em campo com Marcos de Mendonça (Fluminense); Píndaro (Flamengo) e Nery (Flamengo); Sylvio Lagreca (São Bento), Rubens Salles (Paulistano) e Rolando (Botafogo); Abelardo (Botafogo), Oswaldo Gomes (Fluminense), Friedenreich (Ypiranga), Osman (América) e Formiga (Ypiranga). A Comissão Técnica era formada por Sylvio Lagreca (técnico) e Rubens Salles (capitão). Os ingleses jogaram com Reginald Loram; Jack Fort e Samuel Strettle; Jimmy Rigby, James Lagan e Augustus Hardin; Harold Holt, Fred Whittaker, William Hunter, William Lovett e Fred Goodwin. Apitou o jogo o árbitro inglês Harry Robinson. Os gols foram marcados por Osvaldo Gomes aos 15 e Osman aos 30 minutos do primeiro tempo.

Desde então encarar o Brasil tem sido um desafio e tanto para nossos adversários. Em títulos só perdemos na Copa América, competição que não dávamos importância no passado.

Oito vitórias em oito jogos sob o comando do técnico Tite. Com os 3x0 no Paraguai a selação garante a vaga na Copa de 2018.

O Brasil domina seus rivais no confronto direto. São raras as seleções que nos superam. Confira os retrospectos pelos critérios da CBF.

MEDITAÇÃO
Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome; trazei oferendas e entrai nos seus átrios; adorai o SENHOR na beleza da sua santidade.
1 Crônicas 16.29

Na Copa do Mundo de 1982 na Espanha, a seleção jogou muita bola, encantou a torcida brasileira e teve em Zico e Sócrates dois de seus maiores expoentes. Ambos ainda jogaram a Copa de 1986 no México, mas não conseguiram o título. Para quem viu os dois jogar, a taça não faz falta. Valeu pelo respeito à seleção brasileira.

Sim, ele vestiu a camisa da seleção brasileira. Não, ele não jogou com a amarelinha. Maradona comemorou a vitória da Argentina sobre o Brasil, nas oitavas de final da Copa da Itália em 1990, com a camisa da nossa seleção ganha de seu amigo Careca. Uma atitude de respeito, uma homenagem justa. E ficou bem nele.

Ele é marrento, fala sempre o que bem quer, escuta o que não quer e se tornou senador após o fim da carreira. Romário é um dos maiores craques da seleção e um dos maiores artilheiros da história do futebol. Com seu parceiro Bebeto, foi o principal jogador na conquista do tetra em 1994 nos Estados Unidos.

+ Mais    + Início

Copyright © | Todos os direitos reservados para UEFE